sexta-feira, 3 de julho de 2020

O impacto da Covid 19 nos povos tradicionais de Paço do Lumiar foi tema de live promovida pela prefeitura


A prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, promoveu na manhã desta sexta-feira,3, uma videoconferência com a finalidade de debater o impacto negativo da covid 19 nas comunidades tradicionais e povos de terreiros do município.

Povos e Comunidades Tradicionais são grupos culturalmente diferenciados e que se reconhecem como tais, que possuem formas próprias de organização social, que ocupam e usam territórios e recursos naturais como condição para sua reprodução cultural, social, religiosa, ancestral e econômica, utilizando conhecimentos, inovações e práticas gerados e transmitidos pela tradição.

No contexto da pandemia, o avanço do vírus nas comunidades, que vivem dos recursos naturais de seus territórios, preocupa a gestão, pelas vulnerabilidades históricas presentes. A ideia da live foi de compartilhar ideias que possam gerar medidas mais específicas, para garantir a vida destas populações.

Durante sua participação na live, a prefeita em exercício Paula Azevedo(PcdoB), pontuou alguns projetos da Secretaria de Direitos Humanos voltados para essa parcela da população. "Vamos resgatar as manifestações alusivas ao 20 de Novembro, que é o dia da consciência negra no município. Vamos realizar o mapeamento das casas dos povos de matrizes africanas; vamos estrutura o Conselho Municipal da Igualdade Racial dentro do Município e vamos também implantar o programa Municipal de saúde da população negra" disse a prefeita.

Além da prefeita em exercício, participaram do encontro virtual o Secretário Municipal de Direitos Humanos, José Vale, a Secretária Municipal de Desenvolvimento Social Maria Helena Veiga, a Secretária Municipal de Saúde, Soraya Santana, o chefe da divisão de Política de Igualdade Racial do município , Reinaldo Avelar e o Secretário Estadual da Igualdade Racial, Gerson Pinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário