sábado, 27 de junho de 2020

Pacientes do CAPS Maiobão participam de oficina de pintura em grafite


Esta sexta-feira (26) foi cheia de atividades para a turma do Centro de Atenção Psicossocial do Maiobão (CAPS). Os pacientes participaram de uma oficina de arte com grafite e aprenderam a história e as técnicas de pintura, além experimentar na prática o que ouviram na teoria.

A oficina é desenvolvida pelo CAPS Maiobão, pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Social (SEMDES), Direitos Humanos de Paço do Lumiar (SEMDHU) em parceria com o grupo luminense de representação da cultura negra, Família Força Gueto.

O artista urbano Wellington Monteiro ministrou a oficina e falou sobre o que foi apresentado aos frequentadores do CAPS.

"O grafite é uma arte libertadora, símbolo de expressão cultural e certamente é uma experiência enriquecedora para as pessoas que têm acesso a ele, por isso estamos aqui ensinando um pouco mais desse universo", afirmou.

De acordo Acrisciana Brito, diretora do CAPS Maiobão, a iniciativa tem um papel importante no acompanhamento dos pacientes.

"O CAPS está aberto a parcerias que possam beneficiar as pessoas acompanhadas pelas nossas equipes. O contato com a arte estimula a criatividade e torna vida mais divertida e expressiva", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário