sexta-feira, 3 de abril de 2020

Defensoria recomenda a bancos adoção de medidas de contenção do avanço do contágio do coronavírus


A Defensoria Pública do Estado (DPE/MA), por meio do Núcleo de Defesa do Consumidor, emitiu recomendação a diversos bancos para adoção de medidas visando reduzir aglomerações e filas no interior e exterior das agências bancárias, como estratégia eficaz na contenção do avanço do contágio da COVID-19. A recomendação foi encaminhada ao Banco do Brasil, Itaú, Caixa, Santander e Bradesco.

O documento é assinado pelos defensores públicos Gustavo Leite Ferreira, Rairom Laurindo Pereira dos Santos e Marcos Vinícius Campos Fróes.Entre as orientações, recomenda-se aos bancos que seja realizada demarcação no piso de pontos de espera, nas áreas internas e externas das agências bancárias, com distanciamento mínimo de um metro entre cada marca, seguindo protocolo sugerido pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Recomenda-se também que os bancos verifiquem a possibilidade de instituição de pontos de atendimento via “Drive Thru”, destinados, preferencialmente, a operações de caixa eletrônico, e que sejam providenciadas tendas para abrigar os clientes, principalmente aqueles pertencentes ao grupo de risco.

Além disso, recomenda-se que sejam adotadas estratégias para diminuir o tempo que o cliente permanece em espera e que sejam disponibilizados itens necessários para a higienização das mãos dos consumidores (álcool em gel ou água e sabão, papel toalha e cesta de lixo), entre outras orientações.

Assim como o Nudecon, o Núcleo Regional de Buriticupu também notificou os bancos do município, via recomendação, para adoção e efetivação de medidas voltadas para o combate à pandemia de COVID - 19, em especial aquelas destinadas a impedirem a aglomeração de pessoas nas agências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário