segunda-feira, 23 de março de 2020

Defensoria solicita à Associação de Supermercados cuidados especiais com idosos e grupos de risco


O Núcleo de Defesa do Idoso, da Pessoa com Deficiência e da Saúde encaminhou ofício à Associação Maranhense de Supermercados solicitando a ampliação do horário de funcionamento e do número de funcionários para atendimento ao público, visando beneficiar, sobretudo, aos idosos e pessoas que fazem parte de grupos de risco.

A demanda se fez necessária diante da crise atual no mundo, referente ao novo Coronavírus (Covid-19), que recentemente foi considerada como uma pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

No documento assinado pelo defensor público Benito Pereira Filho consta ainda a solicitação de ampliação da divulgação de atendimento e compra on-line, ainda que inicialmente, voltado aos grupos considerados de risco.

 “Neste momento de crise, os mercados, especialmente os grandes supermercados, serão dos poucos estabelecimentos impactados economicamente pela forte crise, portanto têm o dever de criar estratégias humanitárias para que todos seus clientes sejam atendidos de maneira segura, além de preservarem o bem-estar de seus trabalhadores”, destacou Benito Filho.

O ofício ainda dá algumas sugestões, dentre elas a utilização de placas sinalizadoras, de fácil visualização, que indiquem em tempo real o nível de aglomeração de clientes nas unidades, como por exemplo placa vermelha indicando alto nível de aglomeração, placa verde pouco e assim sucessivamente dentro das estratégias do estabelecimento. Além disso, a Defensoria solicitou que seja estabelecido um controle de entrada em estabelecimentos que estejam com grande concentração de pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário