terça-feira, 3 de março de 2020

Defensoria participa da escuta de saúde integral da população LGBT de Paço do Lumiar


A Defensora Pública Lindevania Martins, uma das titulares do Núcleo de Defesa da Mulher e População LGBT, da Defensoria Pública do Estado (DPE/MA), participou do evento de Escuta da Saúde Integral da População LGBT de Paço do Lumiar, que faz parte de uma rede diálogos de políticas inclusivas que também abrangem os municípios de São José de Ribamar e Raposa.

Na ocasião, a defensora ouviu atentamente várias demandas da população LGBT e apresentou o projeto defensorial “Respeitar a Diferença é Viver sem Violência”, do qual é uma das coordenadoras. “Esta escuta é muito importante para a Defensoria porque nosso projeto prevê diversas ações como qualificação de serviços e interiorização.  Está previsto para ser ampliado para Paço do Lumiar com o apoio da Defensoria local, portanto é necessário que se conheça melhor o público LGBT luminense, com o qual trabalharemos a fim de podermos nos adequar às suas demandas específicas. Além disse devemos disseminar e multiplicar estes serviços que estaremos oportunizando no município”, pontuou a Lindevania Martins.

O secretário Municipal de Direitos Humanos de Paço do Lumiar, José Vale, ressaltou a importância da parceria. "Estamos ouvindo diretamente dos representantes LGBT municipais o que eles mais precisam, respeitando suas opiniões para a partir delas trabalhar políticas eficientes no município", destacou.

Além da defensora Lindevania Martins e o secretário José Vale, ainda estiveram presentes a secretária de Desenvolvimento Social de Paço do Lumiar, Maria Helena, o superintendente de atenção primária da Secretária de Estado da Saúde, Marcio Menezes, a representante da Secretaria de Estado da Mulher, Rosana Lima,  a chefe de gabinete da Semdes, Luana Peixoto, o coordenador de políticas socioinclusiva de Paço, Rubens Silva, o representante do movimento 'Paço Livre', Herbert Sousa, além do representante da Defensoria Pública de Paço do Lumiar, Filipe da Silva Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário