sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Prefeitura promove palestras sobre empreendedorismo feminino em Paço do Lumiar


Nesta quinta-feira(23) aconteceu na Associação de Moradores do Conjunto Maiobão, a oficina de capacitação para mulheres do programa "Ela Pode", uma parceria entre a prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEMDES) e o governo do estado do Maranhão, por meio da Secretaria do Trabalho e da Economia Solidária do estado do Maranhão (SETRES).

"Ela pode" é um programa gratuito para mulheres, desenvolvido pela rede de mulheres empreendedoras(RME), uma instituição que atua em todo o Brasil e desde 2019 já capacitou mais de 135 mil mulheres pelo país. Em Paço do Lumiar, aproximadamente 100 mulheres das comunidades do Timbuba, Carlos Augusto, Vila Cafeteira, Manaíra, Residencial Cordeiro, Residencial Clarice, Maiobão e outras localidades participaram das oficinas.

De acordo com a multiplicadora do programa "Ela pode" no Maranhão, Joelene Araújo, a independência financeira é fundamental para o reconhecimento e autoestima da mulher: -"O fato da mulher se tornar uma empreendedora faz com que ela se sinta capaz, e nosso objetivo é fazer ela enxergar essa capacidade ela tem de empreender", ela disse.

Participaram da mesa de honra do evento, a prefeita de Paço do Lumiar em exercício, Paula Azevedo(SD), a vereadora Drielle da Pindoba(PCdoB), a secretária municipal de desenvolvimento social, Maria Helena Veiga, o secretário de direitos humanos de Paço do Lumiar, José Vale, e a multiplicadora do programa "Ela pode" no Maranhão Joelene Araújo.

O programa "Ela pode" atende principalmente mulheres em vulnerabilidade econômica que buscam empreender, investir e alcançar sua independência financeira. A secretária de desenvolvimento social de Paço do Lumiar, Maria Helena Veiga falou sobre a importância do programa para o município: -"Paço do Lumiar foi agraciada com esse programa e por meio dele as mulheres passam a empreender mais, exercer um protagonismo financeiro e com isso o município se desenvolve e todos ganham", falou a secretária.

Roberta Nogueira é representante do clube de mães do residencial Maria Firmina 1 e 2 e falou que a oficina foi muito importante para ela:-" Assim como muitas outras mães da nossa associação, eu sou empreendedora, e sei que algumas de nós vendem artesanatos, possuem seus próprios negócios, e nós iremos sair daqui bem capacitadas", ela disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário