segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

PM que matou esposa e amante em São Luís é indiciado por feminicídio e homicídio


O policial militar que assassinou a esposa e o suposto amante dela na tarde deste sábado (25), no Condomínio Pacifico l na vila Vicente Fialho, foi indiciado pelo crime de feminicídio e homicídio.

Carlos Eduardo Nunes Pereira teria flagrado sua esposa Bruna Lícia com um homem identificado com William Santos na cama e perdido a cabeça efetuando vários disparos contra os dois que morreram na hora.

Em depoimento O policial disse que viu os dois fazendo sexo e que houve luta corporal antes dos disparos, caso esse ainda sendo investigado pela polícia. Bruna Lícia foi sepultada na tarde deste domingo (26) em um cemitério localizado em São José de Ribamar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário