quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Prefeitura de Paço do Lumiar e Governo do Estado assinam decreto de criação do Comitê "Juventude Viva"


Aconteceu, nesta quinta-feira (14), a assinatura do decreto para a criação do Comitê Municipal Juventude Viva, em Paço do Lumiar. O projeto é uma parceria entre a Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, com o Governo Federal, através da Secretaria de Estado Extraordinária de Juventude.

Foi um momento muito importante, que contou com a presença da Prefeita em exercício, Paula Azevedo (SD), da Secretária de Estado de Juventude, Tatiana Pereira, do Secretário Municipal de Direitos Humanos, José Vale, do Secretário Municipal Adjunto de Saúde, João Muricy, do Secretário Municipal de Educação, Marcos Ferreira, e do Superintendente do PrevPaço, Carlos Antônio.

O comitê municipal de enfrentamento a mortalidade da juventude negra tem como objetivo ser espaço de participação e controle social para a promoção da política de combate e enfrentamento ao racismo institucional, além de promover a articulação, discussão e debate para o combate e enfrentamento ao racismo institucional. Os comitês serão formados pelo poder público municipal e estadual, juntamente com organizações da sociedade civil, com o objetivo de criar o Plano Estadual de Enfrentamento a Mortalidade da Juventude Negra no Maranhão.

A Prefeita Paula Azevedo agradeceu a parceria entre Estado e Município, ressaltando a importância das políticas públicas para a juventude.
"Meu compromisso é com todos. Cada um precisa ser valorizado, merece respeito e. Vejo uma deficiência na política em relação à juventude do município, por isso, este projeto vem somar trazer melhorias para nossa população.
Quero agradecer a todos que estão representando as comunidades e farão parte deste comitê", explicou a gestora.

A Secretária Tatiana Pereira agradeceu a parceria e falou sobre o projeto. "É de extrema importância firmar estas parcerias com os municípios do estado.
Nossa intenção é construir ações coletivas que reduzam cada vez homicídios, em especial de pessoas negras".

Nenhum comentário:

Postar um comentário