sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Prefeitura de Paço inicia processo de regularização de propriedades na comunidade Nova Olinda


A prefeita em exercício Paula Azevedo(SD), o secretário de infraestrutura do município, Walburg Ribeiro visitaram a comunidade Nova Olinda, na região da Vila Cafeteira, durante a manhã desta quinta-feira, 19 de setembro, para dar início ao levantamento de informações numéricas e literais relativas às propriedades. Este é o primeiro passo para a regularização de imóveis. 

Segundo o representante do serviço de regularização fundiária do município, José Ramos, o trabalho de georreferenciamento dos imóveis já foi iniciado
" O georreferenciamento consiste em um sistema capaz de garantir a medição precisa e atualizada das propriedades, além de ser uma exigência da Lei 10.267/2001. Ao fazer o mapeamento da Vila Cafeteira, nós concluímos que 30% da área, que corresponde a esta região, faltava ser regularizada. Com essa solução, vai ser possível oferecer mais infraestrutura, iluminação pública e coleta de lixo, ou seja, qualidade de vida" disse o José.

Durante a visita os moredores apresentaram as principais necessidades do bairro; como pavimentação de ruas, coleta de lixo e iluminação pública. De acordo com os moradores, é a primeira vez que o processo de regularização de propriedades é feito no local desde que a comunidade foi fundada, em 2004.

O morador Andreval dos Santos disse que está vendo um sonho se realizar. "Esse loteamento já vem sendo pleiteado a vários anos, mas agora que eu tenho esse documento em mãos, não é promessa, mas é realidade", disse o morador.

O secretário de Infraestrutura Walburg Ribeiro falou sobre o projeto para a comunidade Nova Olinda. "Serão mais de 80 propriedades beneficiadas, assim como temos feito em todos os lugares por onde andamos,  já mapeamos a área e estamos fazendo o levantamento de dados para agilizar a questão dos títulos e o projeto de infraestrutura da comunidade" declarou o secretário.

A prefeita em exercício Paula Azevedo (SD) falou da importância do título. "Eu venho da zona rural, sei como a regularização fundiária é importante, com ela o cidadão tem seus direitos de propriedade garantidos", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário