terça-feira, 23 de outubro de 2018

Prefeitura em parceria com o Governo do Estado forma turma de disseminadores da Educação Fiscal


A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), em parceria com as Secretarias de Estado da Fazenda e da Educação e articulação com a Escola de Administração Fazendária (ESAF), realizou, nesta terça-feira (23), a cerimônia de conclusão e certificação da terceira turma do Curso de Disseminadores da Educação Fiscal, formada por servidores municipais. Com a formação, os servidores da Semfaz poderão contribuir para a conscientização dos cidadãos sobre seus direitos e deveres e à aplicação dos recursos públicos, incentivando o controle social para o efetivo exercício da cidadania, além da possibilidade de verificar a gestão dos recursos públicos em todas as esferas do poder.

Para o secretário municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues, a formação destes disseminadores é de grande importância social. "Hoje formamos a terceira turma e temos como objetivo levar esses disseminadores às escolas da rede municipal e às universidades e faculdades de toda a capital para que a educação fiscal e a consciência fiscal possam atingir o maior número de pessoas", afirmou o titular da pasta.

O curso, ofertado de forma online, já formou cerca de 50 disseminadores que, durante a capacitação, tiveram acesso a conteúdos sobre Educação Fiscal no Contexto Social; Relação Estado-Sociedade; Função Social dos Tributos e Gestão Democrática dos Recursos Públicos. Os alunos foram acompanhados pela representante da Semfaz, Rejane Raulino Correa.

"Ao finalizar o curso, sempre questiono os alunos sobre o que será feito com o conhecimento adquirido no decorrer das aulas e peço para cada um que responda esse questionamento para si mesmo. Já temos evoluído muito na construção e disseminação da educação fiscal em todo o estado e formar mais e mais disseminadores é de grande importância, visto que o resultado é a evolução das pessoas em casa e em sociedade, principalmente", garantiu a tutora da turma, Rejane Raulino Correa.

Segundo a superintendente de Planejamento e Coordenação da Semfaz e uma das alunas formadas na ocasião, Lilian Porto, "uma sociedade consciente de seus direitos e deveres é uma sociedade que acredita no seu poder de decisão, uma sociedade que se utiliza de instrumentos de aperfeiçoamento e acompanhamento da gestão pública. Essa é uma das funções dos disseminadores do programa de Educação Fiscal", afirmou.

De acordo com o gestor estadual do programa, Marcelo Resende, com o curso, tem-se criado uma rede de controle. "Com o conhecimento adquirido no decorrer do curso, o cidadão consegue fiscalizar o governo e isso influenciou e influencia diretamente no avanço da transparência. Temos como objetivo tornar o país mais democrático", discorreu o gestor do Programa de Educação Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário