terça-feira, 11 de setembro de 2018

Paço do Lumiar realiza palestra sobre indisciplina e ato infracional no ambiente escolar


A palestra “Indisciplina e Ato Infracional no Ambiente Escolar” - Dividindo Responsabilidades e Multiplicando Conhecimentos será proferida pelo pesquisador e escritor Daniel Cosme Guimarães Gonçalves da Paraíba e pela Coronel da PMMA Maria Augusta Andrade nesta quarta-feira, 12 de setembro, no auditório do Instituto de Ensino Superior Franciscano (IESF), no Maiobão, a partir das 9h. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar, por meio da Comissão Intersetorial Municipal de Políticas sobre Drogas, formada pelas secretarias municipais de Direitos Humanos, Educação, Saúde, Desenvolvimento Social, Cultura, Esporte, Agricultura, e pela sociedade civil através da Rede Maranhense de Diálogos Sobre Drogas, que representa as Comunidades Terapêuticas de Paço do Lumiar. 

A palestra será destinada a profissionais da Rede de Ensino Municipal, policiais militares que atuam na Ronda Escolar do 22º BPM, conselheiros tutelares e demais convidados que atuam na área da infância e adolescência. Haverá participação também de outras instituições e do Legislativo Municipal. 

“Este evento mostra os esforços da gestão municipal em garantir, minimamente, qualidade de vida a alunos e professores da rede de ensino frente aos altos índices de uso de substâncias psicoativas por adolescentes na Região Metropolitana da Ilha. A vinda do professor Daniel Guimarães é o ponta pé para intervenções de qualificação de profissionais da rede de ensino, que receberão o programa ‘Quem Escolhe o Seu Caminho? Você ou as Drogas?’, criado pelo Ministério Público”, explicou o chefe da Divisão de Enfrentamento a Violência e Drogas, da Coordenação de Juventude da Secretaria de Direitos Humanos de Paço do Lumiar, Erisson Sousa.

Daniel Guimarães é especialista em História do Brasil pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e mestrando em Antropologia Ibero-americana, pela Universidade de Salamanca, da Espanha, diretor de Projetos e Pesquisador da Rede Maranhense de Diálogos sobre Drogas (REMADD). Tem experiência na área de educação com ênfase na prevenção ao uso de drogas e violência nas escolas da educação básica de ensino; é pesquisador das temáticas Violência Urbana, Violência Doméstica e Feminicídio.

Segundo Daniel Guimarães, a palestra terá o objetivo de abordar situações para ampliar o conhecimento e despertar uma reflexão crítica sobre o espaço de atuação dos educadores com os alunos. “Queremos promover abordagens reflexivas e pedagógicas, centradas em uma postura inclusiva, sem repressão e estigmatização”, explica o especialista.

Ele acrescenta que a escola, por causa da diversidade e da pluralidade de alunos, tem constantes conflitos interpessoais. Embora sejam, na maioria das vezes, de pequena gravidade, esses conflitos desagregam e perturbam o ambiente escolar. Por isso, a escola deve aprender a lidar com eles diretamente, de forma pedagógica e restaurativa, evitando acionar a polícia desnecessariamente.

Coronel Augusta é da Polícia Militar do Maranhão, comandante de Segurança Comunitária (CSC), coordenadora estadual do Proerd, Ronda Escolar e da Patrulha Maria da Penha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário