quinta-feira, 3 de maio de 2018

Comissão municipal de políticas sobre drogas visita comunidades terapêuticas em Paço do Lumiar


Paço do Lumiar já tem uma Comissão Municipal Intersetorial de Políticas Sobre Drogas, formada por representantes das comunidades terapêuticas e da Rede Maranhense de Diálogos sobre Drogas (REMADD). Esta comissão se reunirá quinzenalmente. A criação da comissão foi uma das deliberações da primeira reunião entre diversos secretários municipais e membros da gestão realizada na última segunda-feira. Nesse mesmo dia a comissão se reuniu com diretores de comunidades terapêuticas (CTs) do município na CT Kairós feminina, no bairro Pirâmide. Representantes de 5 CTs do município se fizeram presentes.

Ao todo, no município de Paço do Lumiar existem 12 CTs, totalizando mais de 300 vagas para acolhimento de pessoas (homens e mulheres) que sofrem com o uso abusivo de substâncias psicoativas. É o município com o maior número de comunidade terapêuticas do Maranhão. Na reunião com os diretores das CTs, vários encaminhamentos foram definidos de modo coletivo e um deles foi a criação de um fórum da sociedade civil para a eleição dos membros do Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas.

O prefeito Domingos Dutra, que dá especial atenção à questão das drogas, criou na reforma administrativa realizada este ano a Secretaria Municipal de Direitos Humanos, que tem em seu organograma a Divisão de Enfrentamento à Violência e às Drogas, além de outras demandas sociais como Mulher, Juventude e Políticas Sócio Inclusivas. A pasta tem o objetivo de integrar as demais secretarias à política sobre drogas. "Desde o início do governo, estamos estudando a aplicação da política de drogas no município para que possamos oferecer apoio a estas casas que fazem um grande serviço social", afirmou o prefeito Dutra.

Para tanto, foram sugeridas às secretarias municipais de Direitos Humanos, Desenvolvimento Social, de Educação e de Saúde reuniões de trabalho para discutir os passos para a implantação do Projeto Municipal de Políticas Sobre Drogas no município. A solicitação ao poder público foi feita pela REMADD, ainda no ano passado, por causa da necessidade de criação da Lei do Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas e do Fundo.

Reunião

Da primeira reunião realizada no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, na Avenida 13, participaram secretários municipais; o chefe de Gabinete do prefeito, Marcelo Bezerra; o presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos, Ricardo Souza; o chefe da Divisão de Enfrentamento à Violência e às Drogas do Município, Erisson Sousa, e as assistentes sociais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), Liana Rêgo Lima e Deuzilene Viegas.

Durante a reunião, Erisson Sousa apresentou o panorama nacional e estadual da política sobre drogas com o objetivo de nivelar as informações entre os presentes. Em seguida, cada gestor apresentou seus encaminhamentos com o objetivo de construir uma agenda positiva com a participação ativa do Ministério Público. Uma das iniciativas foi a criação da Comissão Municipal Intersetorial de Políticas Sobre Drogas, que terá a participação dos representantes das comunidades terapêuticas e da REMADD. A próxima reunião já está agendada para o dia 22 de maio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário