quarta-feira, 25 de abril de 2018

Vacinação contra a gripe está sendo feita em 11 postos de Paço do Lumiar


A Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus influenza, causador da gripe, teve início no município de Paço do Lumiar, onde a meta é imunizar cerca 21 mil pessoas que fazem parte dos grupos considerados mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. A Secretaria de Saúde de Paço do Lumiar informou que a vacinação está sendo feita em 11 das 16 Unidades Básicas de Saúde do município. A campanha prosseguirá até 1º de junho.

São considerados grupos mais sensíveis à gripe: pessoas a partir de 60 anos; crianças de seis meses a 4 anos; trabalhadores da área de saúde; professores das redes pública e privada; mulheres gestantes e até 45 dias após o parto; indígenas; pessoas privadas de liberdade (incluindo adolescentes cumprindo medidas socioeducativas); profissionais do sistema prisional e portadores de doenças que aumentam o risco de complicações em decorrência da influenza.

Inicialmente, o município recebeu do Ministério da Saúde 4.175 doses de vacina. À proporção que for sendo desenvolvida a campanha serão pedidos lotes extras. A meta é imunizar 90% do público-alvo da campanha em Paço do Lumiar. “Neste primeiro momento serão vacinadas somente pessoas dos grupos indicados. No ano passado, o Ministério liberou para toda a população no segundo momento, mas não sabemos se haverá esta liberação novamente este ano”, explicou a coordenadora de Imunização da Semed, Josy Andrade.

Ela informou que nas UBSs Maioba, Sede, Paranã e Tambaú não está havendo vacinação. E nas UBSs Pirâmide, Vila Cafeteira, Itapera, Pindoba e São Pedro a imunização contra gripe está ocorrendo só na parte da manhã, das 8h às 12h. Nas demais, ela ocorre nos dois turnos, das 8h às 12h e das 14h às 17h. No Dia D da Vacinação Contra Gripe, em 12 de maio, o funcionamento dos postos será o dia todo, sem intervalo para o almoço.

Ela orienta as mulheres que tiveram bebê há até 45 dias que levem documentação comprovando que são puérperas (registro de nascimento da criança, carteirinha de acompanhamento do pré-natal etc). Os portadores de doença crônica também têm de comprovar por meio de exames ou declarações. Os hipertensos têm de ter outra doença associada (cardíaca, renal etc). E os professores e profissionais de saúde têm de apresentar identidade funcional para se vacinar.

Em Paço do Lumiar, a expectativa é de que sejam vacinadas contra a gripe cerca de 8 mil crianças de seis meses a 4 anos; cerca de 7 mil pessoas a partir de 60 anos e aproximadamente 2.800 portadores de doenças que aumentam o risco de complicações em decorrência da influenza. Já os trabalhadores da área de saúde devem superar os 1.500.

Nenhum comentário:

Postar um comentário