segunda-feira, 16 de abril de 2018

ANO LETIVO COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA EM CRECHES E ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL


Nesta segunda-feira, 16, ocorrerá a volta às aulas nas três escolas de tempo integral do município de Paço do Lumiar. O início um mês após o começo do ano letivo no município foi decorrente da falta de professores. Com a convocação dos mais de 300 seletivados, a Prefeitura está suprindo esse déficit. As três escolas de tempo integral de Paço do Lumiar são: UEB Alana Ludmila (antiga Marly Sarney), no Maiobão; Creche Sebastiana Sobreiro (Maiobão) e UEB Geralda Melo (Cotovelo).

“Já convocamos todos os professores aprovados no Processo Seletivo Simplificado 004/2018, realizado em março. Os candidatos estão se pronunciando sobre a aceitação do cargo, que tem vigência de um ano, podendo haver prorrogação, conforme estabelecido no edital”, explica o secretário municipal de Educação, Paulo Roberto Barroso. “Assim, a partir desta semana todas as escolas da rede estarão funcionando normalmente com a carga horária completa, incluindo as creches e as unidades de tempo integral. Nenhuma escola ficará sem professores”, acrescentou o secretário.

Diariamente, 70 seletivados têm apresentado os documentos obrigatórios à Semed para serem encaminhados à junta médica. Os que já passaram por todas as etapas, como entrega de documento e avaliação médica, estão ocupando os respectivos cargos desde a quarta-feira passada. A previsão é de que até terça-feira, 17, todo esse processo seja concluído.

UEB Pão da Vida

Na UEB Pão da Vida, escola que tem com o Município um contrato de uso oneroso, a grade está toda preenchida e os educadores passam por um preparo para adaptações, por exigência da direção da unidade de ensino.

“Esta semana todos os professores estarão dentro de sala de aula. O ano letivo não será prejudicado. O prefeito Domingos Dutra é incansável na busca por uma educação digna. A prova disto, além do seletivo, são as reformas das unidades de ensino”, destacou o secretário de Educação.

Novo seletivo

Paulo Roberto Barroso informou que haverá um novo seletivo para a área da educação, além de um concurso público. “Vamos precisar fazer um novo seletivo, desta vez para merendeiras (os), monitores e motoristas de ônibus escolar, e um concurso público para contratação de pelo menos 80 professores. As datas de abertura do edital e da aplicação das provas ainda não foram definidas, mas em breve anunciaremos”, finalizou Paulo Roberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário