quinta-feira, 26 de outubro de 2017

São Luís: Prefeitura beneficia cerca de 4,5 mil crianças com a entrega de materiais esportivos

Cerca de 4,5 mil crianças e adolescentes que fazem parte do projeto Movimento e Resgate foram contempladas pela Prefeitura de São Luís com a entrega de materiais esportivos. Com o objetivo de estimular a prática esportiva em escolas da rede pública de ensino municipal, o projeto, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desportos e Lazer (Semdel), tem contribuído com o processo de aprendizagem e o desenvolvimento social das crianças. No total, 60 escolinhas foram beneficiadas com os kits esportivos.

O projeto Movimento e Resgate envolve crianças e adolescentes da rede municipal de ensino e oferece, entre as práticas esportivas, futebol, futsal, handebol, basquete, voleibol, judô, capoeira e karatê. As oficinas esportivas são realizadas três vezes por semana e alcançam também crianças com deficiência. Além das atividades esportivas, o projeto desenvolve ações educativas, culturais e de lazer. A iniciativa é realizada em cerca de 70 núcleos de esportes, sendo oito na zona rural de São Luís.

O secretário municipal de Desporto e Lazer (Semdel), Rommeo Amin, explicou que a entrega de materiais é uma forma de incentivar as crianças e adolescentes a participarem das atividades do projeto e segue terminação do prefeito Edivaldo. "Com esse incentivo, oferecemos também aos professores as condições necessárias para execução das atividades esportivas. Com o Movimento e Resgate buscamos afastar e resgatar jovens do mundo das drogas e da marginalidade, pois acreditamos que o esporte é uma das principais ferramentas de socialização", enfatizou o secretário.

As crianças receberam coletes, shorts, meião e bolas. O auxílio do poder público municipal na aquisição da equipagem contribui para que os jovens permaneçam no projeto e para que os instrutores possam dar continuidade às atividades. O agente de esporte de futebol de campo, Cleyton Jorge Dias, contou que 47 crianças da comunidade fazem parte do Movimento e Resgate no bairro do Santa Cruz.

"Nosso primeiro plano é usar o esporte como ferramenta de educação. Descobrir um grande jogador não é nossa prioridade. Hoje, muitos jovens que passaram pelo projeto são homens formados, fruto dessa contribuição social do projeto para a comunidade. É gratificante ver esses resultados e esse incentivo da Prefeitura com os materiais é fundamental para a continuidade desse trabalho, pois não temos como trabalhar sem bolas e os uniformes ajudam na motivação das crianças e na boa imagem do projeto", disse Cleyton Dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário