sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Em parceria com o Governo, prefeito Edivaldo entrega insumos a piscicultores da zona rural

Como parte da política de fortalecimento e desenvolvimento da zona rural de São Luís, o prefeito Edivaldo entregou, nesta sexta-feira (20), quatro toneladas de ração de peixe para auxiliar na produção dos piscicultores da capital. A iniciativa é fruto de parceria celebrada entre a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado. O ato de entrega dos insumos aconteceu na comunidade de Coquilho II, com a presença do secretário estadual de Agricultura e Pesca, Márcio Honaiser, que representou o governador Flávio Dino na cerimônia. A ação vai beneficiar cerca de 100 famílias de agricultores familiares da Ilha.

O prefeito Edivaldo afirmou que a Prefeitura de São Luís tem investido fortemente em políticas públicas visando ao crescimento da zona rural da capital e que o fornecimento desse insumo aos piscicultores locais vem somar a outras iniciativas já implementadas pelo município com esse objetivo.

"Contrariando uma antiga máxima popular, a nossa gestão não dá só o peixe, mas ensina a pescar também. Prova disso são as diversas capacitações que desenvolvemos na área da piscicultura, no sentido de levar aos produtores o conhecimento técnico necessário para o desenvolvimento da sua atividade. De forma que são muitas as ações já desenvolvidas pela Prefeitura para consolidar a agricultura como vetor de desenvolvimento e oportunidades às comunidades da zona rural", afirmou Edivaldo, que no ato recebeu dos agricultores uma cesta com produtos agrícolas, simbolizando o resultado da produção fruto das sementes entregues pela Prefeitura, nos meses anteriores.

O prefeito acrescentou ainda que os piscicultores familiares de São Luís, cadastrados na Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), participaram, no início desse mês, do curso sobre cultivo do camarão e do sururu, propícios para o Estado. A capacitação foi ministrada pelo engenheiro de pesca especialista em piscicultura, Fernando Bergmann.

Presente no ato de entrega dos insumos aos piscicultores da Ilha, o secretário estadual de Agricultura e Pesca, Márcio Honaiser, destacou a iniciativa como parte de um grande projeto de desenvolvimento da zona rural da capital. "Temos suprido as necessidade com ações fortes e pontuais, apesar da crise que enfrentamos. Isso tem se consolidado por meio de parcerias muito importantes celebradas entre o município e o estado, como esta aqui, efetivada com a entrega de toneladas de ração para beneficiar a piscicultura local. A entrega do insumo é só uma parte do conjunto de ações que temos realizado conjuntamente para beneficiar a zona rural de São Luís. Além disso, forcemos assistência técnica e capacitações para levar conhecimento e tecnologia de produção, para fazermos a atividade cada vez maior e melhorar", observou o secretário Márcio Honaiser.
  
AUTONOMIA

O fornecimento da ração de peixe aos produtores locais é uma ação executada por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e apoio da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp). O projeto tem como objetivo garantir a autonomia e a soberania dos piscicultores dos agropolos de São Luís, com o aumento da produção de peixes. O fornecimento dos insumos vai auxiliar na produção semestral com uma média de mil quilos de peixes em cada um dos quase 100 tanques, variando de acordo com a espécie.

As principais espécies criadas na Ilha são tilápia, tambaqui, tambacu, pirarucu e tambatiua. As rações entregues são divididas em três etapas: inicial, crescimento e engorda, que acompanham as fases de desenvolvimento dos peixes criados em tanques na zona rural.

"Demos aqui mais um passo importante na consolidação de nossa política de desenvolvimento da zona rural da capital. Além das dezenas de ações voltadas ao crescimento da agricultura, nossa atenção se volta à piscicultura local, outra importante atividade que também recebe investimentos municipais para o seu desenvolvimento. A comunidade do Coquilho é um grande polo piscicultor, por isso iniciamos a entrega dos insumos por aqui, mais todas as localidades da zona rural que desenvolvem a atividade serão beneficiadas pela ação", afirmou Ivaldo Rodrigues.
  
AÇÕES

Segundo o secretário Ivaldo Rodrigues, outras ações corroboram com a efetivação da política agrícola no município. Só este ano, a Prefeitura já beneficiou cerca de duas mil famílias de agricultores com aproximadamente uma tonelada de sementes de milho e 13 toneladas de sementes diversas, além da entrega de tratores agrícolas, patrulhas rurais, cinco mil mudas de juçara precoce, kits de irrigação e caminhão refrigerador, entre outras ações.

Também presente à cerimônia de entrega dos produtos, o deputado federal Weverton Rocha, líder da bancada maranhense na Câmara Federal, enalteceu a iniciativa e a parceria entre o município e estado na execução do projeto. "Já participei de muitas entregas de mudas, de sementes, de patrulhas agrícolas e tantos outros insumos fundamentais para o crescimento da agricultura local. E acredito que essa soma de esforços é o caminho para enfrentar a crise e ajudar o desenvolvimento dos pequenos produtores e também o agronegócio local", disse o parlamentar.

A agricultora familiar Claudete de Oliveira, 50 anos, da comunidade do Cajupari, foi uma dos que receberam a ração. "Considero a iniciativa louvável. Todo incentivo que nos for dado é importante e todos crescem com isso, nós e o município também", disse ela. Outro piscicultor beneficiado foi Antônio José Ferreira, conhecido como "cabeça Branca", que também é presidente da Associação dos Agricultores Rurais do Coquilho. "Em nome de todos os agricultores, quero agradecer o incentivo fundamental para o crescimento da nossa atividade", concluiu.


Participaram ainda do ato de entrega dos insumos, o deputado estadual Glalbert Cutrim, os vereadores Raimundo Penha e Silvino Abreu; o secretário adjunto de Articulação Política do Estado, Júlio França; o gestor regional da Agerp, Ananias Sousa, entre outras autoridades políticas e comunitárias locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário