segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Flávio Dino recebe o ex-presidente Lula no Maranhão

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) recepcionou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Luís, nesta segunda-feira (4) . Nesta terça (5), acontece um grande ato público encerrando a sua caravana pelo Nordeste, depois de passar por 28 municípios e nove Estados, durante 20 dias.
  
"A caravana Lula Pelo Brasil já chegou em São Luís", disse o governador do Maranhão nas redes sociais, publicando a foto ao lado do ex-presidente.
No Maranhão, a agenda de Lula começou pela cidade de Timon, onde foi homenageado com o título de cidadão da cidade. O ex-presidente agradeceu a homenagem e destacou os avanços assegurando durante o seu governo e de Dilma, como a criação do Ministério das Cidades.
"Não é no Brasil que as pessoas moram, não é nos estados que as pessoas moram, é em Timon. É em Timon que vocês fazem compra, em Timon que vocês vão ao banco. É o prefeito de Timon que vocês falam bem ou xingam. É por isso que o governo federal tem que cuidar do interesse das cidades", ressaltou.

Antes de desembarcar no Maranhão, Lula esteve em Teresina, onde recebeu o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Em seu discurso, nesta segunda-feira (4), ele voltou a criticar o governo de Michel Temer e falou sobre a extinção a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), na Amazônia.

"Agora querem vender a Amazônia, querem entregar a nossa água doce, ou seja, se é pra gente ter governo para fazer o que estão fazendo agora, é melhor a gente colocar o Brasil nas Casas Bahia", afirmou Lula, sobre o decreto de Temer que foi criticado por ambientalistas, artistas e a mídia internacional.

O ex-presidente destacou ainda a característica republicana de seu governo, que não excluía os municípios por questões partidárias. "Inclusive criamos uma lei para cuidar das transições de governo, para que as cidades não fossem prejudicadas pelas trocas de gestão", relembrou.

Agenda

Nesta terça-feira, Lula deve visitar obras no porto de Itaqui e às 17 horas participa do ato de encerramento da caravana no centro de São Luís.

Nenhum comentário:

Postar um comentário