quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Alunos de Paço colhem e degustam verduras no “Horta na Escola”

Alunos da Unidade de Educação Básica Marly Sarney, no Maiobão, realizaram nesta quarta-feira, 16, a colheita de hortaliças plantadas no projeto “Horta na Escola”. Foram colhidos couve, alfaces crespa e roxa e pimentão, todos cultivados pelos estudantes e que estão ajudando a enriquecer a qualidade da merenda servida na escola. À proporção que iam colhendo os alimentos, os alunos ouviam de técnicos da Secretaria de Agricultura os benefícios de cada hortaliça para o funcionamento do corpo.

A colheita se transformou numa grande festa, com a participação do prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB); do secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares; da vice-prefeita Maria Paula Desterro; dos secretários municipais de Agricultura, Fortunato Macedo, e de Educação, Fábio Rondon, além de servidores e gestores municipais. Após ajudar na colheita, as autoridades dividiram a mesa da merenda escolar com os estudantes para a degustação das hortaliças e verduras recém-colhidas.

“Hoje é o dia de colher o que foi plantado. Estamos ensinando nossos alunos a criarem hábitos saudáveis na alimentação, e a práticas sustentáveis de plantio do próprio alimento. É um projeto enriquecedor. Todos os envolvidos estão de parabéns”, afirmou o prefeito Domingos Dutra.

PROJETO MULTIDISCIPLINAR

O projeto “Horta na Escola” é desenvolvido pela Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio das Secretarias Municipais de Agricultura e Educação. “O projeto foi implantado desde o início do ano e as mudas e sementes foram plantadas pelos próprios alunos. Envolve atividades ligadas à culinária na escola, economia doméstica, escolhas alimentares e sustentabilidade”, explicou o secretário de Educação de Paço, Fábio Rondon.

Para o secretário municipal de Agricultura, Fortunato Macedo, o projeto é, acima de tudo, educacional. “Esperamos que ele possa também estimular os alunos a escolherem suas profissões no futuro, principalmente nos setores agrário e ecológico. Com o crescimento da população, cada vez mais será preciso gente para produzir alimentos. E terá de ser uma produção sustentável”, assinalou o secretário de Agricultura de Paço.

Para o aluno Hilbert Santos, 8 anos, foi muito legal plantar as sementes e acompanhar o crescimento dos pés de alface. “Como eu gosto de salada, pra mim foi melhor ainda”, afirmou, se referindo a alguns colegas que não gostam muito de comer verduras e hortaliças. É o caso de Yasmin Larissa, 9 anos. Mas ela diz que gostou tanto de plantar e ajudar a colher os pés de couve e alface, que começou a mudar seus hábitos alimentares. “Não gosto de salada, mas hoje eu até comi um pouquinho de alface”, disse a aluna.

ESPAÇO OCIOSO

As hortas e plantações são cultivadas em espaços dentro das dependências da UEB Marly Sarney. Nelas são produzidas hortaliças, frutas e verduras de crescimento rápido. Este ano já havia sido colhido milho também produzido lá. O prefeito Domingos Dutra é um entusiasta do projeto e ressalta que a área ocupada com as hortas e plantações até então estava ociosa.


"Este terreno só estava acumulando mato e animais silvestres, trazendo riscos aos alunos. Agora estamos fazendo bom uso, ensinando nossos alunos a criaram hábitos saudáveis e ecologicamente corretos", destacou o prefeito.



Nenhum comentário:

Postar um comentário