segunda-feira, 6 de março de 2017

Deputado Bira do Pindaré destaca manifestações contra a Reforma da Previdência que acontece na quarta (8)

O deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) subiu na tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) para registrar as manifestações do movimento das trabalhadoras e trabalhadores rurais, por intermédio da Federação Trabalhadoras na Agricultura do Estado Maranhão (Fetaema), contra a Reforma da Previdência.

O ato, que acontecerá em todo o Estado do Maranhão, está marcado para a próxima quarta-feira (08), dará início, segundo afirmou o parlamentar, à jornada contra a PEC da Previdência proposta pelo governo Michael Temer. Na visão do parlamentar, a proposta é um atentado e uma injustiça contra os direitos historicamente conquistados pela classe trabalhadora brasileira.

“Vai ser uma batalha grande e o povo vai para as ruas. E eu convido a população e os parlamentares maranhenses a endossar essa luta porque a Reforma de maneira que está posta é um retrocesso tremendo aos direitos conquistados a duras penas pela população deste país. Nós não podemos dar passos atrás”, completou.

Fim de semana

No último fim de semana, o deputado participou de diversas atividades no Vale do Pindaré e em São Luís. No sábado, participou da cerimônia de formação de novos policiais, da entrega de equipamentos agrícolas, além da vistoria nas obras de recuperação do Engenho Central e ampliação da Unidade Plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão em Pindaré-Mirim (IEMA), seguida da inauguração da Escola Poeta Antônio José e do Corpo de Bombeiros em Santa Inês.

Em São Luís, o parlamentar acompanhou mais uma vez a abertura oficial da Campanha da Fraternidade 2017, que este ano reflete sobre o tema “Fraternidade: Biomas brasileiros e a defesa da vida". Já no domingo, Bira participou mais uma vez do Fórum Estadual das Entidades da Pessoa com Deficiência, evento que acompanha desde antes do parlamento. Na oportunidade, lembrou conquistas ao longo dos últimos anos e propôs a defesa de bandeiras como uma Unidade Vocacional do IEMA voltado para a pessoa com deficiência.


Nenhum comentário:

Postar um comentário