quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Domingos Dutra acompanha o governador em exercício para assinatura de Ordens de Serviço de obras na BR-135

O prefeito eleito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra e o governador em exercício, Carlos Brandão, visitaram nesta quinta-feira (5), importantes obras ao lado do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, a comitiva visitou a BR 135, apresentou as instalações do Porto do Itaqui e participou da assinatura da ordem de serviço que vai possibilitar o asfaltamento de 100 km da BR 226.

O ministro Maurício Quintella ressaltou que a BR 135 é a principal obra do Estado, do ponto de vista viário, que estava paralisada e o Governo Federal priorizou, por reivindicação da bancada federal do Maranhão e do próprio Governo do Estado. Para continuidade dos serviços estão garantidos recursos na ordem de R$ 180 milhões, originados de emenda parlamentar e parte da União. “Estamos assegurando para que possamos concluir essa rodovia”, afirmou Quintella. Integra o pacote o trecho Estiva-Bacabeira e Outeiro-Miranda, cuja ordem de serviço foi assinada durante a agenda de vistorias.

Complementando o cronograma da obra, o ministro informou, ainda, que está licitado o trecho Bacabeira-Outeiro; e outro ponto, sob demanda judicial, é aguardado o desfecho. “Esperamos que essa demanda seja vencida rapidamente para que possamos operar em toda a rodovia. É uma rodovia que está com o recurso garantido”, garantiu Quintella.

Pacote de obras

Na ocasião da visita, foi autorizada a reforma total da ponte Marcelino Machado, sobre o Estreito dos Mosquitos, que liga São Luís ao continente. Os serviços são de ordem emergencial para recuperar toda a ponte que apresenta rachaduras em vários pontos comprometendo a viabilidade do tráfego e podendo causar acidentes graves.

A ponte está localizada no km 24,30 da BR-135 e tem cerca de 450 metros de comprimento. A estrutura já havia sido interditada em 2004 por problemas semelhantes. Por ela passam diariamente milhares de veículos, principalmente de cargas. Os serviços devem ser concluídos no prazo de 40 dias e durante este período, o tráfego de veículos pesados será remanejado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário