segunda-feira, 7 de março de 2016

Giro pelo Paço: Residencial Jaguarema em Paço do Lumiar sofre com o abandono do poder público

O primeiro “Giro pelo Paço” foi ao conjunto Jaguarema, em Paço do Lumiar, investigar as condições de infraestrutura do local , notadamente os achados não agradaram, tendo em vista a evidência do abandono do poder público, enfrentado pelos moradores. O bairro necessita de tudo e a falta de compromisso da atual gestão é visível.

O local se destaca pelas ruas com trafegabilidade comprometida e lixo por toda parte, acarretando em um problema de saúde pública, causado pelo mau cheiro e proliferação de insetos e animais contaminados, ocasionando na transmissão de doenças para a população. Os mesmos afirmam que, este problema se arrasta por muito tempo e que já não suportam mais conviver em meio ao lixo e doenças, estes já vem sofrendo há anos e nada das propostas dos governantes serem cumpridas, por este motivo os moradores já não sabem a quem recorrer e como esse ano é de eleições, já aguardam os políticos picaretas fazerem mais propostas para solucionar os velhos problemas.

Na região também nos deparamos com obras inacabadas da construção do centro de iniciação de esporte, que é de competência da SEMCEL (Secretaria de Municipal de Cultura Esporte e Lazer). Obra que teve início em: 09/07/2015, com prazo de término em 180 dias, no valor de R$ 2.812.032,77, porém já encontra-se em atraso.

Segundo o relato de uma moradora, a “Silmara”, que estava indignada com a situação de abandono do bairro que fica no coração do município e de grande importância para a economia local, a obra está parada há meses e nesse intervalo não aparece ninguém responsável para respaldar o término da mesma. A mesma também fez reclamações dos buracos e esgotos a céu aberto que estão espalhados nas ruas e ressaltou que a Odebrecht Ambiental continua cobrando taxas abusivas e cada vez mais altas as contas. 


Fotos do Conjunto Jaguarema 
centro de iniciação de esporte


Vídeo de Moradora indignada com os problemas do Bairro  


Nenhum comentário:

Postar um comentário