segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Prefeito vistoria obras de drenagem no São Bernardo e na Forquilha

O prefeito Edivaldo confirma sua disposição de fiscalizar de perto as obras realizadas com recursos próprios e em parcerias com os governos federal e estadual. Desde o ano passado, ele tem mantido uma agenda dinâmica de acompanhamento e vistoria dos serviços de infraestrutura executados em vários bairros da cidade, sob responsabilidade da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

No sábado (28) pela manhã, Edivaldo e o secretário Antônio Araújo estiveram no bairro da Forquilha vistoriando a implantação da tubulação do sistema de drenagem profunda que a Prefeitura está implantando na região que abrange ainda Parque Sabiá e Forquilha. A obra de captação e canalização do fluxo das águas pluviais é imprescindível para que o poder púbico avance com outros serviços de Urbanização da região.

"Após a conclusão dos trabalhos dessa drenagem, moradores antes isolados ou com opções restritas de mobilidade, principalmente dos bairros Ipem São Cristóvão, Jardim São Cristóvão, São Bernardo, Vila Brasil e Parque Sabiá, serão diretamente beneficiados", explicou Edivaldo.

Após a conclusão da drenagem, todas as vias que compõem o trecho da obra receberão pavimentação asfáltica, além de serviços complementares de construção de meio-fio, sarjeta e calçadas. Entre as vias contempladas, estão a Rua 8 de dezembro, São Benedito, Santo Antônio, Ruas 11 e 13.

Além da obra de drenagem profunda, a região está recebendo diversos investimentos, a exemplo da requalificação asfáltica das principais vias do São Bernardo; e a implantação da via Interbairros em parceria com o governo do Estado, com uma ponte de 10 metros de extensão, interligando a Forquilha ao Parque Sabiá.

COMPROMISSO

Como acontece em muitos bairros da cidade, a obra de drenagem da Rua 8 de dezembro, no bairro Forquilha, era aguardada há décadas pelos moradores. A falta de infraestrutura, além de provocar transtornos de trafegabilidade tanto de carros como de veículos, provocava prejuízos à saúde da população. Para resolver o problema, a Semosp está implantando uma nova rede de drenagem profunda. A anterior contava com manilhas de 800mm de dimensão e agora será trocada por novo material com manilhas de 1.200 mm.

"Será a solução para o problema de drenagem desta rua. Estamos certos de que todo esse cenário de degradação será coisa do passado dentro dos próximos meses", afirmou o secretário Antônio Araújo.

Francisco Filho, morador do Parque Sabiá há 18 anos, destaca as obras de drenagem e construção de pontes como a realização de um sonho dos moradores do seu bairros e região. "Há anos lutamos por essas obras. Aqui o esgoto ameaçava a saúde das famílias, além do mau cheiro que incomodava adultos e crianças. Esse pequeno trecho contribuía para piorar a mobilidade nas avenidas próximas, causando prejuízos de toda ordem à população", destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário