quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Prefeito Josemar Sobreiro (PSDB), em manobra tenta, novamente, adiar a contratação dos excedentes

Parece que o prefeito Josemar Sobreiro e seus assessores teimam em dar um tiro no pé.

Ocorre que, com a exoneração dos contratados (com data marcada para hoje, dia 13) o prefeito teima em adiar para após o dia 20 a contratação dos excedentes (como foi colocado a eles em reunião no IESF). Isso me leva a crer, que o prefeito teima em fazer uma manobra, pois desde o dia 07 deste, mesmo com o recesso do judiciário, parece que uma notificação foi encaminhada para a prefeitura, no entanto, quase todo dia os excedentes se revezam e ao menos um deles vai ao Fórum, mas até agora, nada de concreto ou resolvido.

Mas parece que após a decisão judicial impetrada pelo MP que EXIGE a contratação imediata de todos os excedentes e que gerou o processo de nº 2244-71.2015.8.10.0049 a prefeitura terá um prazo de 72 horas após a notificação para se manifestar (mas isso pode se estender por alguns meses judicialmente), se isso for verdade, parece que numa manobra o prefeito está sendo planejada: “Protelar uma decisão judicial, ou então, dar uma de bom moço para com os excedentes antecipando a nomeação dos concursados antes de uma maior exposição e ou camuflando uma decisão por força judicial”.

Diante de uma destas formas, talvez o prefeito tome sua decisão, e ainda na base da esperteza queira se promover politicamente fazendo palanque ou dando uma de bom moço perante sociedade em relação a este caso.

É bom ficarmos de olho, pois é ano eleitoral e ele já está parece fazer campanha com obras alheias.

Lembrando que o concurso foi homologado em 24 de dezembro de 2014, e talvez só agora a mais de um ano, com este trâmite jurídico é que talvez, tenhamos uma resposta para os concursados.


Escrito por: Sebastião Cavalcante
Edição e postagem: Paulo Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário