segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Prefeito de Caxias Léo Coutinho (PSB) tenta de todas as formas calar Blogueiros e Jornalistas

O prefeito Léo Coutinho é um homem que gosta de entrar com processo contra Blogueiros e Jornalistas. Após a veiculação da reportagem do JORNAL DA BAND, que mostrou 115 crianças mortas na Maternidade Carmosina Coutinho, na qual, Ricardo Rodrigues foi o repórter gerador. O prefeito de Caxias, ao invés de tomar as devidas providências e sanar o caso, resolveu foi entrar com processo contra o titular da reportagem e apresentador do MARANHÃO URGENTE DE CAXIAS. “O mesmo passa a incitar seus telespectadores a acreditar que o (prefeito) é responsável direto pelas mortes de recém-nascidos ocorridas na Maternidade Carmosina Coutinho” ALEGAÇÕES .

SENTENÇA:

O Juiz titular do Juizado Especial, Dr. João Pereira Neto, entendeu que o apresentador agiu de acordo com a lei. O Juiz acrescentou ainda, que as declarações veiculadas na rede de televisão local, apesar de terem sido duras e contundentes, ficaram longe de construir delito na órbita criminal, eis que amparados no direito de livre manifestação e expressão de pensamento, que garantido pela Constituição Federal (art. 5° inciso IV).

“Não agiu acobertando o anonimato, mas sim procurou dizer o que achava da realidade local, sobretudo do sistema de saúde municipal, que, no seu entender, deveria ser mais humano, digno e condizente no trato do atendimento aos cidadãos”. Afirmou o Juiz.

Veja abaixo decisão: 

Desta vez não deu outra, o prefeito de Caxias Leonardo Barroso Coutinho entrou com uma ação contra o Blogueiro Paulo Sousa, após uma publicação feita no dia 13/08/2015, onde 17 milhões foi o primeiro contrato de Léo Coutinho com sua poderosa família. Confira o link da matéria.17 milhões foi o primeiro contrato de Léo Coutinho com sua poderosa família.


Nenhum comentário:

Postar um comentário