sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Comissão de Segurança realiza Audiência Pública para discutir segurança nas agências dos Correios

A Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, na tarde da última quinta-feira (01), uma audiência pública para discutir a falta de segurança nas agências dos Correios em todo o Estado. Por conta de uma onda de assaltos e falta de condições de trabalho com segurança, os Correios do Maranhão chegaram a entrar em greve.

Com o fim da paralisação, os Correios retornaram às suas atividades, mas a categoria não ficou parada e resolveu solicitar junto ao presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa, deputado Zé Inácio, a realização da Audiência Pública para discutir uma solução para o grave problema.

Em 2014, mais de 150 agências dos Correios foram assaltadas no Maranhão. Nas últimas semanas foram registrados seis casos, sendo que a grande maioria se concentrou na Baixada Maranhense. Os funcionários alegaram que as agências não têm equipamentos de segurança, como: portas giratórias, cabines blindadas e detectores de metal.

“Sem proteção, a sensação é de medo na hora do trabalho”, disse Moacir dos Santos,que é apenas um dos funcionários dos Correios do Maranhão, vítima de assalto durante expediente. Em 2010, ele foi baleado na cabeça por um assaltante e perdeu a visão do olho direito. Hoje, de volta ao trabalho, ele se une aos colegas para pedir mais segurança nas agências.


O diretor do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios no Maranhão, Jubmar Oliveira, fez um levantamento da situação das agências e das condições de trabalho da empresa. Segundo ele, são agências sucateadas, com péssima estrutura física. O sindicato reivindica dispositivos de segurança, como portas giratórias e seguranças armados.

O deputado Zé Inácio afirmou que o objetivo da Audiência Pública foi o de chamar a atenção das autoridades públicas, em especial do Sistema de Segurança Pública do Estado, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal para que medidas sejam tomadas, no sentido de prevenir, investigar e combater assaltos e organizações criminosas.

O presidente da Comissão de Segurança, deputado Cabo Campos, informou que será feito um relatório com as informações apresentadas na Audiência e será encaminhado ao gabinete de gestão integrada, que é representado pelo próprio governador Flávio Dino, bem como a Secretaria de Segurança Pública.

Os deputados também informaram que irão pressionar os Correios no sentido de instalar todos os sistemas de segurança nas agências, sendo o principal deles, as portas giratórias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário