segunda-feira, 14 de setembro de 2015

S. José de Ribamar: Moradores do Nova Terra reclamam das condições precárias do Bairro


Moradores do Conjunto Nova terra reclamam do descaso enfrentado pelos mesmos perante as autoridades de São José de Ribamar. Essa semana fui à convite de uma moradora , que não quis se identificar, para olhar de perto a estrutura do bairro e as condições sanitárias e de saúde das quais eles são dependentes.

Não precisa nem mesmo conhecer todo o bairro, pois logo na entrada do conjunto, na avenida de acesso encontramos crateras que prejudicam não só o deslocamento dos moradores como os empresários e donos de vans que, ficam com os automóveis sucateados oferecendo os piores serviços para a comunidade.  A moradora relatou que quando a estrada da Mata que dá acesso à Cidade Operária estava em boas condições fazia esse transporte em 10 minutos e agora faz de 30 a 40 minutos para se chegar na Cidade Operária.

Os problemas não se concentram somente na falta de infra-estrutura asfáltica, mas também na questão de saneamento básico, pela presença de inúmeros lixões, a céu aberto, que invadem parte da Avenida Astral, dificultando a travessia dos carros e pedestres que precisam driblar o lixo para atravessar as ruas. Isso é um problema de saúde pública, pois esse descaso acarreta danos à saúde da população, haja vista a concentração de ratos e moscas e diversos insetos que são os únicos beneficiados pelas “bem feitorias” do município.

Isso é reflexo do total abandono do Senhor Gil Cutrim, atual prefeito de São José de Ribamar, detalhada por inúmeros buracos, obras mal acabadas, ruas, avenidas com pavimentação de péssima qualidade e poças de esgoto.






Nenhum comentário:

Postar um comentário