segunda-feira, 3 de agosto de 2015

São Luís: Prefeitura inicia serviço de recarga embarcada no transporte público da capital

A Prefeitura de São Luís iniciou nesta segunda-feira (3) uma nova etapa do processo de modernização e melhoria do sistema de transporte público da capital, com a implantação do serviço de recarga embarcada. Neste primeiro momento, o serviço atende estudantes e, a partir da próxima semana, será estendido também para os usuários do vale transporte. A recarga embarcada permite que o usuário do sistema de bilhetagem possa efetivar a recarga de seu cartão dentro do próprio ônibus, sem precisar se dirigir aos pontos tradicionais de recarga.

Com a implantação deste serviço, o estudante que comprar seus créditos pela internet poderá, a partir de agora, carregar o cartão nos validadores existentes em qualquer ônibus do sistema integrado da frota que atende São Luís. A carga ficará disponível para o estudante 48 horas depois de efetuado o pagamento online.

As compras feitas pela internet a partir desta segunda-feira (3) poderão ser validadas a partir de quarta-feira (5) nos ônibus. O equipamento valida os créditos comprados pela internet. "Com a recarga embarcada, vamos tirar um volume muito grande de estudantes que se concentravam no terminal de integração para validação de seus créditos", conta o secretário de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros.

A SMTT esclarece que tanto o serviço de carga tradicional nos terminais de integração quanto em outros pontos já conhecidos continua funcionando regularmente. O serviço de carga dentro do ônibus se constitui como mais uma opção para facilitar a rotina do estudante, reduzindo deslocamentos.

O sistema de transporte urbano de São Luís, atualmente, conta com cinco terminais de integração, por onde passam cerca de 750 mil usuários por dia, e já está todo equipado com o sistema de biometria facial.

APERFEIÇOAMENTO DO SISTEMA

Como parte do aperfeiçoamento do sistema, a Prefeitura pôs em circulação, este ano, 221 novos ônibus na cidade. Também foram implantados nos ônibus GPS, que garantem maior fiscalização e controle dos tempos de duração das viagens e dos itinerários, uma das reclamações dos usuários de coletivos.

O aumento da fiscalização também permitirá a redução de fraudes no sistema, a partir da aplicação da tecnologia da biometria facial. O fim das fraudes representa a possibilidade de mais investimentos no setor, beneficiando assim a população que faz uso deste tipo de transporte.

A biometria facial instalada pela Prefeitura nos ônibus da capital é formada por um equipamento que reconhece a fisionomia do usuário já cadastrado no sistema de bilhetagem eletrônica do transporte público, impedindo que pessoas utilizem indevidamente o cartão de outros passageiros. O dispositivo possibilita a identificação dos reais usuários do sistema de bilhetagem eletrônica nos coletivos da cidade. A medida visa impedir que passageiros utilizem de forma indevida o cartão de outras pessoas, inviabilizando assim a fraude.

O trabalho que a Prefeitura está fazendo no sistema de transporte da cidade inclui ainda ações de melhorias da malha viária, com a implantação de faixas exclusivas para o transporte coletivo e intervenções em vias com grandes congestionamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário