quinta-feira, 9 de julho de 2015

Prefeitura promove capacitações pelo Programa Todos por São Luís na Liberdade

A Prefeitura de São Luís iniciou esta semana as oficinas de capacitação do Programa "Todos por São Luís" na região da Liberdade. Nesta primeira fase, estão sendo ofertados cursos de bombons regionais, sorvete, panificação, reciclagem de jornais, oficina de papel reciclado, chefe mirim, sucos alternativos e outros. A culminância da programação desta edição do programa no bairro da Liberdade será neste sábado (11).

"Já temos obtido resultados positivos com os cursos promovidos nas comunidades, com inserção dos participantes no mercado de trabalho, inclusive. Temos ouvido as demandas e fornecido os serviços requeridos pelos moradores, o que permite maior diálogo e facilita o atendimento às necessidades de maneira mais direta", disse a primeira-dama e coordenadora geral do programa, Camila Holanda.

Um dos cursos ofertados pelo "Todos por São Luís" e que tem grande procura é a oficina de bombons regionais. A atividade iniciou nesta terça feira (7) e acontece na sede do Cras da Liberdade. No curso, as alunas aprenderam noções básicas de recheio, opções de bombons e doces, além de higienização do local de trabalho e dos instrumentos de trabalho. Ao todo, 50 alunas serão formadas na oficina.

"Com esse aprendizado de hoje, essas mulheres terão uma fonte de renda a mais para ajudar as suas famílias, além de poderem oferecer a suas familias", explicou a assistente social do Cras da Liberdade, Eliana Sousa. Segundo Eliana, as alunas do curso foram escolhidas através do banco de dados das famílias que são acompanhadas pelo Cras da Liberdade. A seleção levou em conta a situação de desemprego das mães e o desejo de ajudar na renda familiar.

Para a dona de casa Maria dos Anjos, o curso foi uma oportunidade para ter uma renda extra e ajudar a família. "Para a comunidade do Itapera, é uma novidade esse curso, essa ação que a Prefeitura está promovendo. Eu resolvi participar para aprender e gerar uma renda extra para minha família. Estamos aprendendo a fazer as trufas, os recheios e ainda recebemos a apostila com outras receitas", explicou.

"Achei o curso interessante e sempre quis aprender a fazer esses bombons para vender, completar a renda da minha família. Meu plano é colocar para vender em um comércio e vender em locais públicos", planeja a dona de casa Diana Santos Azevedo.

"Eu resolvi fazer o curso para ter uma profissão também, já que esse curso é bem procurado. Quero fazer para minha família, minha filha que está de férias agora, no momentos de confraternização e também, se a família aprovar os bombons, fazer para venda e ajudar a melhorar a renda familiar", explicou Neusilene Carvalho, estudante e dona de casa.

De acordo com Arivaldo Martins, coordenador executivo do programa, os cursos são promovidos conforme a demanda da população. Ele exemplificou a diversidade de temáticas citando os cursos de penteados afro, higiene dos cabelos e papel reciclado.

"Além dos cursos, nesta edição, também teremos as rodas de conversas sobre direitos da pessoas com deficiência; palestras sobre bullying, gravidez na adolescência, dificuldades na aprendizagem, combate ao uso de drogas e violência no espaço escolar; Oficina Limpeza pública: dever da Prefeitura, responsabilidade de cada morador. O sábado será o dia de culminância dessas ações com a presença de todo aparato da Prefeitura, secretarias parceiras do estado e Fiema", explicou Arivaldo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário