quarta-feira, 15 de julho de 2015

Prefeitura de São Luís adere ao projeto CNH Jovem

No Maranhão, mais de 16 mil jovens de cerca de 200 municípios já se inscreveram no projeto CNH Jovem, que viabiliza a carteira de habilitação a pessoas de 18 a 21 anos gratuitamente. Para somar a essa ação, a Prefeitura de São Luís, por meio da Coordenação Municipal da Juventude (Comjuv), aderiu ao projeto do governo do Estado e vai disponibilizar locais para inscrição, além de mobilizar em São Luís o público-alvo, orientando e informando. A adesão foi firmada na manhã desta quarta-feira (15), na sede da Comjuv, com a assinatura do termo de parceria entre representantes da Juventude Estadual e Municipal.

O coordenador municipal da Juventude, Ulisses Fernando da Silva Campos, assinalou a avaliação positiva da ação, considerando a maior facilidade que estes jovens vão ter no mercado de trabalho. "Hoje, a maioria das empresas tem como exigência a primeira habilitação para jovens na faixa etária do programa e por se tratar de um documento de custo razoável, muitos são de baixa renda e não têm como adquiri-lo", pontuou.

A mobilização dos jovens inicia ainda esta semana, assim como a abertura de três novos locais de inscrição. "O Município vem para somar nos esforços de chamamento destes jovens e essa parceria é fundamental, considerando a importância social desta ação", disse o secretário adjunto da Comjuv, Paulo Romão.

Os locais de inscrição disponiblizados pela Prefeitura de São Luís serão na sede da Comjuv, no Parque Bom Menino; e outros dois na Superintendência de Atendimento ao Estudante, no bairro Monte Castelo. A Comjuv terá parceria do Movimento Estudantil Independente (MEI) para a inscrição do público. As inscrições para o CNH Jovem estão abertas até dia 31 de julho e são feitas pelo site www.detran.ma.gov.br/cnhjovem. O resultado será divulgado dia 12 de agosto, no mesmo portal.

No que se refere à mobilização, a estratégia será a busca pelos jovens nas unidades de ensino do Município, igrejas, grupo de jovens, grêmios estudantis e espaços afins. Uma equipe já foi definida para esse trabalho e a expectativa é de agregar vários jovens para fortalecer ainda mais o projeto.

A secretária de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv), Tatiana Pereira, analisou que um dos pilares do programa é a diminuição dos acidentes de trânsito envolvendo jovens e garantir empregabilidade. "No nosso estado, boa parte dos condutores são jovens e não possuem a habilitação. Os jovens são também as maiores vítimas de acidentes", ressalta a secretária. Ela antecipa que o programa terá o número de vagas ampliado em sua segunda etapa, no próximo ano.

CNH JOVEM

Nesta primeira etapa, o programa vai disponibilizar duas mil carteiras de habilitação para todo o Estado. É exigido que o interessado tenha feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado. Mil carteiras serão destinadas aos que apresentarem as melhores notas no exame e as demais, por meio de sorteio pela Caixa Econômica Federal. Para ter acesso à gratuidade, os jovens precisam ter idade entre 18 e 21 anos e ter cursado as três últimas séries do ensino médio em escola pública.

O custo atual de emissão de Permissão de Dirigir (PD) e CNH no Estado varia entre R$ 1.200 e R$ 1.600. Atualmente, a frota do estado conta com 1,3 milhão de veículos, sendo que apenas 700 mil condutores são habilitados. A ação CNH Jovem tem parceria ainda com o Detran/MA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário