terça-feira, 9 de junho de 2015

Prefeitura adianta preparativos para início de festejos juninos na Praça Maria Aragão

A expectativa é grande para a maior festa popular do Maranhão: os festejos juninos. Mais uma vez, a Praça Maria Aragão será palco da diversidade de atrações artísticas e grupos folclóricos tradicionais. Este ano, a Prefeitura de São Luís e o Governo do Maranhão realizam juntos o projeto São João de Todos. A inauguração oficial do espaço, que sediará parte da programação do São João em São Luís, acontece na sexta-feira (12).

"Nossa equipe está trabalhando a todo vapor para termos um São João de grande magnitude. Nossa expectativa é fazer de São Luís a vitrine para o arraial do Brasil. Este ano, temos a oportunidade de celebrar a gestão compartilhada da cultura popular, para fazermos deste São João uma festa de todos", destacou o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Marlon Botão.

O Terreiro da Maria, arraial organizado na Praça Maria Aragão, este ano ganhou um desenho que propiciará maior conforto ao público, ao mesmo tempo em que valorizará os shows dos artistas maranhenses e grupos folclóricos. A estrutura montada tem capacidade para receber mais de 100 mil pessoas ao longo da temporada junina, com serviços de segurança, alimentação, saúde e informações turísticas, com programação funcionando todos os dias, das 18h à meia-noite.

"Para atender a uma antiga reivindicação dos artistas maranhenses que ficavam distantes do público durante os shows, deslocamos a plataforma de apresentação dos grupos folclóricos", cita Aguinaldo Rêgo, do departamento de Arquitetura da Fundação Municipal de Cultura (Func). Ele divide a autoria do projeto com a também arquiteta Laura Costa. A decoração do espaço, incluindo os dois portais de entrada, é de autoria da artista plástica maranhense Marlene Barros.

Além de deslocar a plataforma, a Func reforçou o som instalando três sistemas: um deles no palco de concreto da praça, o segundo na extremidade da plataforma e um terceiro no Barracão do Forró, espaço cativo do Terreiro da Maria. A redução do número de barracas, que este ano ficou limitada a dez unidades, permitiu a ampliação do número de cadeiras para acomodação do público. Até o ano passado, a Func dispôs 160 jogos de cadeiras. Este ano, serão 200 jogos disponíveis para atender ao público.

As barracas foram ocupadas segundo critérios estabelecidos por edital público. Este ano, o projeto incluiu também o comércio informal no entorno da praça. Como medida de segurança alimentar, preservação da estética do local e de segurança, foi proibida a instalação de barracas contíguas à mureta da avenida Beira-Mar. Durante o período em que a programação no Terreiro da Maria, a Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), por meio da Blitz Urbana, realizará fiscalização no espaço reservado ao comércio informal instalado ao lado do antigo Espaço Cultural, no fundo da praça.

Além das barracas que comercializarão comidas típicas da culinária maranhense, o arraial vai contar pela primeira vez com um espaço destinado exclusivamente para idosos e pessoas com dificuldades de mobilidade. '"Tivemos o cuidado de sinalizar toda a área para que facilite o acesso destas pessoas e também do acompanhante, que têm espaço reservado e privilegiado no Terreiro da Maria", explica Aguinaldo Rêgo. A Func providenciou banheiros químicos especiais para atender ao público específico que ocupará a parte esquerda do palco.

Um posto de saúde equipado para atendimento de urgência, instalado nas dependências da estrutura da Praça Maria Aragão, funcionará durante o período de realização dos eventos culturais. A segurança será executada por agentes da Guarda Municipal da Secretaria de Segurança com Cidadania (Semusc) e da Polícia Militar, além de segurança privada.

Segundo Aguinaldo Rêgo, o Terreiro de Maria será um espaço convergente de vários serviços disponibilizados pelas Secretarias Municipais de Obras e Serviços Públicos (Semosp), de Saúde (Semus), da Criança e Assistência Social (Semcas), de Segurança Alimentar (Semsa), de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Trânsito e Transportes (SMTT), além do Corpo de Bombeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário