segunda-feira, 9 de março de 2015

Prefeitura vistoria início da circulação de novos ônibus na zona rural de São Luís

Os usuários de transporte coletivo da zona rural de São Luís já contam com uma frota de novos ônibus que começaram a circular neste sábado (7) na região. Os ônibus fazem parte da frota entregue pelo prefeito Edivaldo no último dia 20, e que já estão rodando também na Vila Luizão e Cidade Olímpica. Até quarta-feira estarão todos nas ruas, beneficiando mais de 250 mil usuários que utilizam o sistema de transporte de São Luís.

Eles substituem os veículos com mais de 10 anos de fabricação garantindo mais conforto e segurança aos usuários. Com a entrada em circulação da nova frota, a Prefeitura reitera o compromisso de remodelar todo o sistema de transporte público da capital.
"Depois de entregar os novos veículos na Vila Luizão e Cidade Olímpica, estamos aqui na zona rural reestruturando o sistema de transporte, que é uma determinação do prefeito Edivaldo. Isso vai trazer mais conforto e qualidade ao usuário da zona rural", enfatizou o secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, que está acompanhando a operacionalização da frota. No Terminal do Distrito Indústrial, no bairro do Maracanã, foram entregues 15 ônibus.

Hoje segunda-feira (9), os novos coletivos serão entregues no Anjo da Guarda e, na terça (10), no Parque Vitória e na região do Ipem Turu. O secretário destacou que além do incremento de 250 ônibus novos, a SMTT está trabalhando na implantação da biometria facial, com GPS, já efetivada em 350 dos 1.100 ônibus da frota urbana.
"Até o final de abril estaremos com os 1.100 implantados com a biometria facial e vamos partir para discussão do Bilhete Único juntamente com lançamento do edital da licitação do transporte. Todas essas providências cumprem um objetivo, que é uma qualidade maior no transporte coletivo de São Luís", completou o secretário.

O trabalho que a Prefeitura está fazendo no sistema de transporte da cidade será concretizado também na malha viária, segundo Canindé. "Não adianta a gente ter um transporte coletivo novo onde você tem grandes corredores problemáticos. Nós vamos implantar faixas preferenciais do transporte coletivo para priorizar este transporte para que a gente possa chegar a 35 km a média do transporte coletivo que hoje chega no máximo a 15km", revelou o secretário.

A entrega dos novos ônibus na zona rural contou com a participação de representantes comunitários da região e do vice-presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), Gilson Neto, que destacou que esses novos ônibus representam a maior renovação de frota de São Luís e uma das maiores da história do Brasil.

"Aqui no Nordeste nunca se viu nada parecido, tanto é prova disso que as fábricas não conseguiram aplicar o cronograma, o calendário da renovação de frota. A gente sofreu com alguns atrasos em decorrência das férias coletivas de dezembro, mas os ônibus chegaram e estão aqui para atender a população", disse Gilson.

Os presidentes da Associação Folclórica de Coqueiro, José Linhares, e da União dos Moradores de Coqueiro, José Carlos Silva, também elogiaram a chegada da nova frota. "É de grande importância para São Luís, que estava com uma frota bem antiga, principalmente para a zona rural", disse José Linhares. "Estávamos precisando mesmo desta renovação, pois a população aumentou muito na zona rural e agora chegou esta frota nova para servir a todos", completou Carlos Silva.


Além desses bairros onde os novos ônibus já estão circulando, os coletivos vão atender, diretamente, linhas para os bairros da Santa Rosa, Circular 1 e 2, Habitacional Turu, Forquilha, Residencial Primavera, Chácara Brasil, Olho D'Água, Ipem Turu, Santa Clara, Recanto dos Pássaros, Bairro de Fátima, Vila dos Nobres, Coroadinho, Coheb/Sacavém, Parque Timbira, Jardim Tropical/São Francisco, Divineia, Sol e Mar, Popular Ipase, Vila Itamar, Socorrão 2, São Raimundo, Vila José Reinaldo Tavares, Cidade Olímpica, Vila Cascavel, Santa Bárbara, Vila Embratel, Parque Vitória, Anjo da Guarda, São Bernardo, Quebra Pote, Cidade Operária, Arraial e São Francisco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário