quinta-feira, 26 de março de 2015

Fiscalização da Lei Seca é intensificada no interior do Maranhão

O Governo do Maranhão intensificou a fiscalização da Lei Seca nas cidades do interior do estado. Durante as próximas duas semanas, a Operação Lei Seca, coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), estará concentrada na Região Sul do Maranhão. O trabalho começou nesta quarta-feira (25) em Balsas, cidade localizada a 759 km de São Luís.

A operação Lei Seca é uma parceria do Detran com a Polícia Militar, por meio da Companhia Militar Rodoviária Independente, e conta também com o apoio dos órgãos municipais de trânsito das cidades onde ocorre a fiscalização. Nas blitzen, o trabalho dos agentes é reforçado por guinchos, motocicletas de patrulha e viaturas da Polícia Militar, do Detran e dos órgãos municipais de trânsito.

Nesta fase, a operação vai durar dez dias, e além de Balsas, será levada para as cidades de São João dos Patos, Pastos Bons, Paraibano e Presidente Dutra. As blitzen incluem ações de educação e fiscalização. Paralela à operação nas cidades do interior, as blitzen da Lei Seca acontecem também em São Luís.

Em todas as blitzen, as pessoas abordadas serão chamadas a fazer o teste do bafômetro. A recusa do teste resulta em recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação e autuação por termo de constatação de embriaguez. A multa para o condutor alcoolizado é de R$ 1.915,30.

Iniciada em janeiro pela Região Metropolitana de São Luís, a operação Lei Seca tem resultados positivos e de mudança de comportamento. Segundo o coordenador de Educação para o Trânsito do Detran, Edílson Cardoso, a aceitação do teste do bafômetro tem aumentado gradativamente. “Hoje um maior número de pessoas querem fazer o teste do bafômetro e dar o exemplo de condutor cidadão e responsável no trânsito”, afirma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário