terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Polícia apresenta chefe de quadrilha especializada em assalto a carro-forte e agência bancária

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) apresentou nesta segunda-feira (26) Carlos Alberto Mesquita dos Santos, conhecido como “Sharon”, 38 anos, apontado como chefe de uma quadrilha interestadual especializada em assalto a banco e a carro-forte nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Durante entrevista coletiva, na sede da SSP, o delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Lawrence Melo, informou que a prisão de ‘Sharon’ ocorreu a partir de operação conjunta da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) com a Delegacia Regional de Bacabal. A ação foi deflagrada no domingo (25) no município de Alto Alegre do Maranhão.

Carlos é apontado como cehfe do grupo que roubou um carro-forte, em março de 2014, na cidade de São João do Paraíso. Na época, o bando levou a quantia de R$1,5 milhão. “Nós já tínhamos prendido sete integrantes dessa organização criminosa que agia, principalmente, no interior do estado. Faltava apenas Carlos Alberto, o chefe do bando”, afirmou o delegado Tiago Bardal, responsável pelo Departamento de Combate a Roubo a Instituições Financeiras (Decrif).

De acordo com o delegado Tiago Bardal, o homem também é suspeito de envolvimento no assalto a banco em Colinas, em 2004, e é foragido da justiça dos estados de Goiás, Mato Grosso, Pará, Piauí, Ceará e do Distrito Federal, onde responde pelo crime de assalto a agências bancárias e a carros-fortes.

Carlos Alberto foi encontrado, no domingo (25), no município de Alto Alegre, na residência de Francisco Morais, conhecido como ‘Batata’, que seria cunhado do suspeito. No momento da prisão, foram apreendidos em posse do chefe da quadrilha uma carteira de identidade e um título de eleitor do Estado do Pará, ambos falsificados.

“A Polícia Civil está trabalhando de maneira integrada para, cada vez mais, desarticular quadrilhas de alta periculosidade, como essa, que vem agindo em vários estados do país” salientou o delegado-geral adjunto da SSP, Lawrence Melo.

A ação que resultou na prisão de Carlos foi coordenada pelo superintendente da Seic, delegado André Gossain, com os delegados Tiago Bardal e Carlos Alessandro Assis, ambos da Regional de Bacabal.

Fonte: SSP/MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário