sexta-feira, 29 de maio de 2020

Saiba o que pode funcionar a partir de 1º de junho e quais são as regras sanitárias obrigatórias


Entre os segmentos que continuam vetados, estão academias, shopping centers, cinemas, teatros, bares e casas noturnas; restaurantes, bares e lanchonetes (com exceção de delivery e drive thru).

Também permanecem suspensas as visitas a pacientes suspeitos ou confirmados com coronavírus.

Depois do dia 15

A depender da evolução da pandemia, a partir do dia 15 de junho poderão funcionar demais lojas de ruas (como sapatarias e lojas de roupas) e lojas em shopping centers, com exceção de praças de alimentação, cinemas, áreas infantis, restaurantes e a realização de eventos.

A partir do dia 22, também dependendo da evolução da doença, poderão funcionar academias. A partir do dia 29, bares, restaurantes e praças de alimentação em shoppings.

Regras sanitárias gerais

As medidas sanitárias gerais a partir de 1º de junho incluem aquelas que já são obrigatórias no Estado: uso de máscaras em locais públicos e privados de uso coletivo; proibição de aglomeração;  oferecimento de água e sabão ou álcool em gel aos clientes e funcionários; e distanciamento social de pelo menos dois metros entre trabalhadores e entre usuários/clientes.

Para fazer valer a proibição de aglomerações, continuam vetados eventos como shows, congressos, reuniões, plenárias, passeatas, desfiles, torneios, jogos, apresentações teatrais, sessões de cinema, festas em casas noturnas e similares.

Atividades permitidas a partir de 1 de junho

– Atividades agrossilvipastoris e agroindustriais;
– Hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, padarias, quitandas, centros de abastecimento de alimentos e mercados públicos, lojas de conveniência, de água mineral e de alimentos para animais;
– Bancos, casas lotéricas e atividades de seguros;
– Construção civil e lojas para o fornecimento exclusivo de materiais de construção;
– Indústrias
– Serviços de manutenção de energia elétrica, tratamento de água e esgotamento sanitário;
– Serviços da atenção básica de saúde, urgências e emergências;
– Clínicas médicas, odontológicas e de exames da rede privada;
– Serviços de telecomunicação;
– Comunicação e imprensa;
– Serviços de transporte;
– Serviço de correios;
– Serviços de contabilidade e advocacia;
– Farmácias e drogarias;
–Fabricação, montagem e distribuição de materiais clínicos e hospitalares;
– Produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;
– Distribuidoras de gás;
– Oficinas mecânicas, borracharias e lojas de vendas de peças;
– Restaurantes em pontos ou postos de paradas nas rodovias;
– Serviços relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados, tais como gestão, desenvolvimento, suporte e manutenção de hardware, software, hospedagem e conectividade;
– Serviços funerários e relacionados;
– Serviços educacionais por meio remoto;
– Bares e restaurantes para serviços de venda remota, podendo o produto ser retirado no estabelecimento, mas vedado o consumo no local;
– Serviços de desinsetização;
– Serviços laboratoriais das áreas da saúde;
– Serviços de engenharia;
– Comércio de móveis e variedades para o lar (exceto situados em shoppings e galerias fechadas), livros, papelaria, discos, revistas e floricultura;
– Serviços de fisioterapia, com atendimentos individualizados e com hora marcada;
– Serviços de informática e venda de celulares e eletrônicos;
– Serviços de Administração de imóveis e locações;
– Comércio de óculos em geral;
– Serviços administrativos e de escritório;
– Serviços de formação de condutores;
– Demais serviços prestados por profissionais liberais;
– Hotéis e similares;
– Salões de beleza, cabeleireiro e barbearia.

PAÇO DO LUMIAR: Prefeitura lança projeto "Paço Educando em Casa"

O projeto apresenta uma estratégia para continuar educando os estudantes luminenses durante o distanciamento social causado pela pandemia do coronavírus

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a prefeitura de Paço do Lumiar observou ser necessário criar uma estratégia pedagógica que possibilitasse aos estudantes da rede pública de ensino municipal o acesso ao conteúdo das disciplinas durante o período de distanciamento social.

A prefeita em exercício, Paula Azevedo (PCdoB), em alinhamento com a Secretaria Municipal de Educação, decidiu pelo lançamento do projeto "Paço Educando em Casa", que busca garantir a continuação dos estudos às crianças, jovens e adultos do município por meio de videoaulas na tv aberta e, também, na plataforma digital youtube. O projeto é fruto da união entre o setor público e parceiros, o que foi essencial para evitar despesas financeiras ao município. Com isso, não há custos para os cofres públicos.

"O nosso projeto não vai substituir as aulas convencionais em sua totalidade, isso não é possível. Nosso objetivo é disponibilizar, o máximo que puder, o conteúdo programático através das aulas virtuais para manter este aluno estudando e, dessa forma, diminuir o impacto causado pela suspensão das aulas nas escolas", reforça a prefeita.

O projeto inovador apresenta uma outra forma de educar diante de uma crise sanitária sem precedentes, em que tudo é muito novo e desafiador, como analisa o secretário municipal de educação, Marcos Ferreira.

"Este projeto piloto na rede municipal de Paço do Lumiar, vai ao encontro dos alunos (as) do 6° ao 9° Ano, além de atingir também a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Essa foi a forma e o compromisso da prefeitura para com os seus alunos e professores neste momento tão adverso, para que nossos discentes não tivessem maior prejuízo. Cabe ressaltar, ainda, que as aulas televisionadas em hipótese alguma substituem ou substituirão o professor (a) em sala de aula", destaca o secretário.

Com a implementação do projeto, agora, o aluno fica em casa acompanhando as aulas gravadas pelos professores e transmitidas pela Tv Alternativa, que na tv aberta é o canal 19.1 HD. As aulas terão reprise e ficarão disponíveis também no Youtube, no canal oficial da prefeitura de Paço de Lumiar.

VIDEOAULAS NA TV ALTERNATIVA

O "Paço Educando em Casa" entra no ar a partir da próxima segunda-feira (1º de Junho), às 7h, na Tv Alternativa. Se o estudante perder a videoaula ou quiser rever, é só assistir a reprise que será exibida sempre a noite a partir das 21h.

Preso dois suspeitos por crime de estupro de vulnerável na Raposa


A Polícia Civil do Maranhão, realizou operação hoje (29), e prendeu dois investigados por Estupro de Vulnerável e Lesão Corporal.

A Operação foi realizada por intermédio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), em ação coordenada pela Seccional Leste em conjunto com agentes da Guarda Municipal lotados na Depol de São José de Ribamar.

Os mandados de prisão cumpridos hoje são provenientes da Vara Única do município de Raposa, tendo sido capturados dois indivíduos, em desfavor de um dos quais havia o mandado de prisão preventiva n. 0011356-09.2018.8.10.0001.01.0002-00.

Os mandados são referentes à suposta prática dos crimes previstos nos ECA e no Código Penal (art 217-A).

De acordo com os autos, o indivíduo capturado na data de hoje, em conjunto com outra pessoa, doparam, estupraram e divulgaram imagens de uma menor, vítima do referido crime.

DPE/MA registrou mais de 250 casos de violência contra o idoso nos primeiros três meses do ano


Mais de 250 casos de violência envolvendo pessoas idosas foram registrados em São Luís, nos meses de janeiro a março deste ano, pela Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA). Somente no período da pandemia foram 36 atendimentos relacionados à violência. Diante disso, para promover a sensibilização da sociedade quanto ao assunto e contribuir para uma mudança neste cenário, a DPE realiza, a partir desta segunda-feira, dia 1º, campanha virtual de conscientização da violência contra a pessoa idosa, com o tema “Violência contra a Pessoa Idosa, quem se importa?”.

As situações de violência são atendidas por meio do Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (Ciapvi). Entre os tipos de violência mais denunciadas nos três primeiros meses do ano estão: o abuso financeiro (19%), a negligência (17%) e a violência psicológica (16%). Entre os bairros de maior incidência estão: Centro, Cohatrac e Anjo da Guarda.

Durante o período da pandemia de Covid-19, nos meses de abril e maio, foram realizados 36 atendimentos na área, para orientação ou envolvendo casos de cárcere privado, violência física, violência psicológica, abuso financeiro, negligência, abandono, autonegligência e solicitação de leito, medicamentos e exames.

Conscientização – A campanha, alusiva ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa (15 de junho) e realizada por meio do Ciapvi, conta todos os anos com uma vasta programação e reúne centenas de idosos e representantes de instituições parceiras da DPE/MA. No entanto, neste ano, com as medidas de distanciamento social, em razão da pandemia de Covid-19, as ações serão realizadas pela Internet, por meio das redes sociais e têm como objetivo promover a sensibilização da sociedade pela promoção da educação em direitos.

De acordo com o defensor público-geral do Estado, Alberto Pessoa Bastos, o envelhecimento populacional tem exigido o fortalecimento da rede maranhense de proteção ao idoso e a DPE/MA tem promovido diversas ações para isso, a exemplo desta campanha de conscientização. “O envelhecimento é um fenômeno natural. Todos iremos passar por ele. Por isso, é importante que todos estejamos conscientes da importância de cultivar uma cultura de respeito e garantia de direitos aos mais velhos para romper com o atual ciclo de violência”, destacou.

Lives - A partir desta segunda-feira até o dia 15 de junho, serão realizadas transmissões ao vivo pelas redes sociais da Defensoria e das instituições parceiras, sempre às 17h, com representantes de entidades e instituições atuantes na defesa da pessoa idosa.

Nesta segunda, a live de abertura da campanha contará com as participações da coordenadora do Ciapvi, Isabel Lopizic, da presidente do Femadi, Adalgisa Zaidan, e do presidente do Cedima, Glécio Sandro Leite Silva.

No dia 15, a live contará com a participação do defensor-geral do Estado do Maranhão, Alberto Bastos, do secretário estadual de Diretos Humanos, Francisco Gonçalves, e da geriatra Jacira Serra. Na ocasião, será discutida a “velhofobia” em tempos de pandemia.

Durante os 15 dias de campanha, serão realizadas outras lives, em que serão debatidos temas como: “Acolhimento das Pessoas Idosas – Como fazer?”, “Sistema de Justiça na Garantia de Diretos” e “Violência: Quem se Importa?”. A programação está disponível no site da DPE/MA.

Além das lives, também serão publicadas peças educativas e vídeos sobre os tipos de violência cometidos contra esse público e seus direitos nas redes sociais da DPE.

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Prefeitura de Paço do Lumiar testa profissionais da saúde e segurança


Com auxílio de testes rápidos para a covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde de Paço do Lumiar (SEMUS) está realizando processo de triagem dos profissionais da saúde e da segurança do município. O objetivo é garantir que profissionais que atuam na linha de frente dos atendimentos ao público não sejam vetores de contaminação.

A realização do procedimento é feita em posto interno para testagem montado pela SEMUS. O resultado do teste é obtido dentro de poucos minutos após ser coletado uma gota de sangue do profissional. A realização dos testes se encaixa nas orientações técnicas do Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde (OMS) com vistas a cumprir objetivos de fornecer número expressivo de testes junto aos profissionais da linha de frente no combate à pandemia do novo Coronavírus.

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Prefeitura de Paço do Lumiar realiza recapeamento asfáltico no Maiobão


A prefeitura de Paço do Lumiar segue intensificando as obras de infraestrutura no município. Desta vez, os serviços de pavimentação asfáltica foram feitos nas ruas 38 e 41 do bairro Maiobão, um dos mais populosos e movimentados da cidade.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura e Urbanismo, Walburg Neto, a obra faz parte do cronograma determinado pela prefeita em exercício, Paula Azevedo (PCdoB).

"A prefeita Paula tem uma preocupação muito grande em valorizar nosso município, e isso refere-se, também, na questão estrutural da cidade. Por isso, a equipe de infraestrutura segue um cronograma que vai chegar em diversas partes da cidade. Agora, concluímos a pavimentação dessas duas vias aqui do Maiobão, elas vão melhorar o tráfego de pessoas e de veículos. O bairro precisava desta obra, principalmente porque é um lugar de intenso movimento", disse o secretário.

A prefeita Paula Azevedo destacou a importância da obra para a população.

"Nós estamos sempre priorizando atender as demandas do povo, e essas ruas há muito tempo aguardavam recuperação, a população pedia muito. Incluímos as duas vias no planejamento e colocamos nossas equipes em ação para solucionar este problema. Hoje, é uma alegria poder entregar o serviço completo e melhor ainda é saber que atendemos ao pedido dos moradores do bairro. Isso é uma satisfação!", declarou a prefeita.